Interface Nerd

Páginas

13 de abril de 2018

Vamos falar de animes?

Provavelmente os animes são uma das melhores coisas que foram exportadas do oriente para o ocidente.

Vulgarmente conhecido como desenho de japonês aqui no Brasil, o animes atualmente também fazem parte da nossa cultura, sejam eles sobre super-heróis, monstros, vampiros, saiyajins, fadas, e tudo o mais que a mente brilhante - e às vezes doentia - dos japoneses são capazes de criar.

Eu sempre fui aficionado por anime, desde que me entendo por gente, as animações passaram a fazer parte do meu cotidiano, e também da minha vida.

O primeiro contato que eu tive foi com o Dragon Ball, na Band. Época em que minha casa não tinha nem televisão preto e branco, quiçá à cores. Eu ouvia tudo pelo rádio mesmo, e era a curiosidade e a criatividade que me 'fazia enxergar' o que estava 'acontecendo em tela'.

De lá pra cá tudo mudou, sites piratas - não One Piece - tomaram conta de toda a internet, e a melhor fonte para o consumo deste produto, na minha humilde opinião, o Crunchyroll, aportou por aqui, com opção até mesmo para boletos bancários, nos deu o poder.

Logo após veio a Netflix, e nos deixou malucos, todo ano agora eles anunciam alguma parceria nova.

Agora eu meu aventuro por diversas terras, antes desconhecidas; posso me tornar um saiyajin, e ao lado de Vegeta, Goku, Gohan, Piccolo e companhia posso derrotar todo o mau.

Outro achado foi a rede social de animes MyAnimeList, um site estilo IMDb, só que ao invés de catalogar filmes, cataloga animes.

É incontável o número de séries que existem por lá, eu estou apaixonado por aquilo, e já até coloquei alguns dos meus favoritos em minha lista.

Animes já são parte do que somos, assim com da dos asiáticos, e você que é fã, assim como eu, aquele de carteirinha, pode curtir de perto cada momento.

Nenhum comentário: